Griffo. A agência do Pará.

Normalmente as agências de propaganda querem ser universais e falar a mesma lingua que se ouve, supostamente, em Belém, São Paulo, Buenos Aires, Nova York, Tókio, Beijing e Auckland. A Griffo quer ser do Pará e falar paraense. Ou, seguindo a máxima de Tolstói, falar paraense com sotaque universal.

ENTRE EM

Contato

(91) 4005-2800

Travessa Perebebuí, 2216, Belém – pará